quarta-feira, 1 de julho de 2009

Como o tempo vai e o vento vem

Uma vez eu escrevi os seguintes versos pra você:
"Fique à vontade
Quando quiser voltar...".
E hoje eu vejo que você voltou e se sente em casa.


Eu só quero que você saiba, que eu estou pensando em você. Agora e sempre mais. Eu te adoro cada vez mais, e te quero sempre em paz. Também estou com sintomas de saudade, porque pensei em você todos esses dias, e em como eu te quero tanto bem. Em todas as dores tomo conta de você, eu quero que você caiba no meu colo, porque, sim, eu te adoro cada vez mais.
Mas eu te quero livre... Siga pra onde quiser, que eu não vou ficar muito atrás.

Um comentário:

L a í s ! disse...

é gostoso gostar de pessoas!
o carinho que sentimos por elas muitas vezes vale mais do que o amor e a paixão...
:)