quinta-feira, 17 de abril de 2008

silêncio

si.lên.cio
sm (lat silentiu) 1 Ausência completa de ruídos; calada. 2 Estado de quem se cala ou se abstém de falar; recusa de falar. 3 Abstenção voluntária de falar, de pronunciar qualquer palavra ou som, de escrever, de manifestar os seus pensamentos. 4 Taciturnidade. 5 Discrição. 6 Interrupção de um ruído qualquer. 7 Abstenção de publicar qualquer notícia ou fato, de comentar o que é geralmente sabido. 8 Descanso; estado calmo; estado de paz, de inação. 9 Interrupção de correspondência epistolar. 10 Mistério, segredo. 11 Ausência de menção; omissão em uma relação verbal. 12 Suspensão que faz no discurso o orador ou a pessoa que fala. 13 Toque de corneta nos quartéis, e de sineta, nos colégios, para que não se fale nem produza qualquer ruído depois de certa hora da noite. 14 Mús Pausa em que os cantores ou os instrumentos deixam de executar. Antôn (acepção 1): barulho, ruído. interj Voz para mandar cessar o discurso ou a bulha. S. da lei: a) omissão da lei acerca de qualquer circunstância; b) circunstância que, sobre um dado ponto da lei, não foi prevista ou mencionada pelo legislador. S. moral ou S. sepulcral: silêncio absoluto, completo. Passar em silêncio: omitir. Reduzir ao silêncio: obrigar a calar por meio de argumentos convincentes.

-
Eu gosto de definições de dicionário. Elas dizem em uma palavra, e vários significados o que eu penso.
E cara, eu AMO o silêncio, é uma nescessidade entende?
Ele faz muitas coisas ruins por mim, mas faz muito mais coisas boas.

Um comentário:

laís ;] disse...

o silêncio mtas vezes eh bom msm!!
eu gosto pq faz a gente pensar :]